PatoBranco.com

Nota de esclarecimento Vanderlei Crestani

Publicado em: 07/10/2016 12:41

Em relação à investigação que está sendo feita pela Polícia Federal, esclareço que a mesma trata-se de processo judicial que busca APURAR eventual ocorrência de irregularidade em contração de empresa para execução de obras de construção de calçadas, realizado no ano de 2011 pelo Município de Chopinzinho, ainda sob a minha gestão enquanto prefeito, o que corresponde a 10% da obra, que foi concluída sob o comando da gestão do prefeito Bolzani (90%).

O recurso para a execução era federal (União), cuja licitação foi realizada por 03 (três) oportunidades, sendo que por decorrência do ínfimo valor estabelecido pela execução, na 1ª oportunidade não houve interessados (deserto), na segunda oportunidade não foi homologados (somente 1 empresa), tendo sido celebrado o contrato na 3ª oportunidade para não haver devolução do recurso.

O processo licitatório foi realizado dentro da legalidade e da transparência e, por isso, detém a aprovação do Ministério das Cidades, do Tribunal de Contas da União e também do Tribunal de Contas do Estado do Paraná.

O teor da ação judicial que culminou com a medida de busca e apreensão realizada ontem, ainda não é de meu conhecimento, mesmo porque não houve procedimento investigatório do qual eu tenha participado. A medida se mostrou desnecessária e inoportuna, mesmo porque em tempo algum me neguei a colaborar com a Justiça ou com o Ministério Público Federal.

A conduta sequencial é aguardar a intimação ou citação formal do processo, para que, a par do seu teor, seja possível o exercício da ampla defesa e do contraditório, e a conclusão do convencimento do juízo sobre a regularidade irrestrita dos fatos e o consequente reconhecimento da minha total inocência.

Reitero que, de forma alguma, a situação possui relação com o Município de Pato Branco.

Fonte: Vanderlei José Crestani

Foto

Notícias Relacionadas