PatoBranco.com

Polícia Militar decreta luto oficial pela morte de tenente ocorrida durante tentativa de assalto na RMC

Publicado em: 23/02/2017 08:30

"Mais uma vez fomos assolados pela violência e criminalidade contra um dos nossos, de forma brutal e covarde. A Polícia Militar está consternada e estamos de luto. Esperamos agora o esclarecimento dos fatos para poder confortar a família", lamenta o Comandante-Geral da PM, coronel Maurício Tortato, que decretou luto oficial por três dias pela morte do tenente Fábio Alessandre da Silva, ocorrida na noite desta quarta-feira (22/02), em Campo Largo, Região Metropolita de Curitiba (RMC).

"Que a certeza da ressureição, neste momento, conforte a família do policial militar e toda a família miliciana", pede o Comandante-Geral. Atualmente o tenente atuava como Subcomandante da 3ª Companhia do 17º Batalhão de Polícia Militar (17º BPM), pertencente ao 6º Comando Regional da PM (6º CRPM).

Segundo o Comandante do 17º BPM, tenente-coronel William Kuczynski, o oficial da PM estava em frente à sua residência com a família, no município de Campo Largo, quando sofreu um disparo de arma de fogo, após uma tentativa de assalto. "Dois homens chegaram, deram voz de roubo e, em seguida, atiraram na cabeça do oficial", conta.

"Ele era um policial militar exemplar e muito competente que fará muita falta para a corporação, por sua dedicação e companheirismo. Familiares e amigos sentirão muito sua falta e não temos como dimensionar o tamanho dessa dor", disse o tenente-coronel Kuczynski.

O tenente Fábio Alessandre da Silva nasceu em 11 de junho de 1982 e deixa esposa e dois filhos (4 e 3 anos). O PM ingressou na corporação em 13 de fevereiro de 2003.

Fonte: PM - PR
Foto: PM - PR

Foto

Notícias Relacionadas