PatoBranco.com

SALSINHA - Benefícios para a saúde, usos culinários e contraindicações

Publicado em: 13/04/2017 08:12

Salsa ou salsinha é a mesma erva, ou melhor, algumas espécies do gênero Petroselinum: consideramos salsinha as Petroselinum sativum, P. crispum, P. hortense e P. tuberosum. Todas as espécies de salsinha são ricas em ferro e vitamina C, têm ação diurética, vasodilatadora e tonificante.

A salsinha está profundamente arraigada na culinária brasileira - afinal, nossa boa mistura étnica juntou pratos e ingredientes do mundo todo - de origem europeia e asiática.

Como ingrediente culinário a salsinha tem, no entanto, um importante papel curativo e, da cozinha se estende para o setor das ervas medicinais mais usadas.

Benefícios medicinais da salsa, salsinha
Salsinha (folha e raiz) tem ação emenagoga (que aumenta o fluxo menstrual), diurética, vasodilatadora e tonificante.

Indicações: Retenção de líquidos, celulite, insuficiência cardíaca, urina escassa, insuficiência renal, inapetência, anemia, esgotamento físico, dismenorreias.

Tanto a raiz como as folhas e talinhos da salsa podem ser usados em chá diurético, estimulante, emenagogo e fortificante.

Ação da salsinha:

● Previne a anemia

● Previne e alivia infecções da bexiga

● Melhora a digestão

● Mantém os rins saudáveis

● Evita o mau hálito

● Trata contra a artrite

● Limpa o sangue

● Diurético natural

● Reduz a produção de gases

● Protege e estimula o sistema imunológico

Como usar a salsinha

● Diurético, eliminador de ureia; inchaços, edemas; cálculos urinários; reumatismos; gota: 1 colher de chá de raízes picadas em 1 xícara de água fervente. Abafar por 10 minutos. Tomar 1 xícara de chá de manhã, em jejum, e outra à tarde.

● Regularizador do fluxo menstrual: 2 colheres de chá de frutos ou sementes de salsinha em 1 garrafa de vinho branco e deixe macerar por 10 dias. Tome 1 cálice, 2 vezes ao dia nos 10 dias que antecedem ao início de menstruação.

● Abscessos; chagas; feridas; úlceras; secar o leite materno; picadas de insetos: 3 colheres de sopa de folhas e hastes frescas bem picadas, 1 colher de chá de mel. Amasse bem (no pilão) até formar uma pasta. Use como cataplasma, sobre o local a ser tratado. Renove o curativo 2 a 3 vezes ao dia até a completa cicatrização.

● Restaurador do apetite: 2 maços de folhas e haste frescas de salsa, bem picadas, 1 cebola picada e 1 colher de chá de vinagre. Bata bem no liquidificador, junte uma colher de azeite ou seu óleo de cozinha. Bata novamente. Junte sal a gosto. Use para "barrar" torradinhas e comer antes das refeições.

● Sementes: flatulência e cólicas; Raiz: diurético; Suco; doenças renais;

Chá de salsinha

O chá de salsinha é um excelente diurético, especialmente útil quando ocorre subida da pressão arterial e retenção hídrica. Outros usos tradicionais para o chá de salsa é: tratamento de doenças da próstata, doenças do fígado e do baço, no tratamento da anemia, da artrite, e do câncer, além do uso como um expectorante, antimicrobiais, afrodisíaco, hipotensivo, laxativo, e como uma loção para o couro cabeludo para estimular o crescimento do cabelo.

Algumas pessoas o fazem em infusão, que é mais suave (1 colher de salsinha picada em um litro de água fervente) outras preferem a decocção, mais forte em meio litro de água fervente junte 2 colheres de sopa de salsinha picada e deixe cozinhar por 5 minutos.

Abafe por 10 minutos e coe. Beba até 3 copos durante o dia. Observe seu organismo para encontrar a melhor dose para você. Não tome este chá à noite pois seu efeito diurético te impedirá de ter um sono reparador. Não use este chá por mais de 7 das seguidos.

Suco de salsinha

O bom efeito diurético e desintoxicante do chá também pode ser obtido no suco de salsinha. Misture com aipo, maçã e outras frutas de seu agrado. Passe na centrífuga ou no liquidificador, tudo junto e bem picado. Tomado em jejum, o suco de salsinha vai ajudar nas dietas de emagrecimento.

Macerado de salsinha

As folhas amassadas são usadas para tratar tumores, mordidas de inseto, piolhos, parasita da pele, e contusões. O macerado pode ser feito no pilão, ou no liquidificador, o objetivo é se conseguir uma pasta fina, sem adição de água.

Salada, tempero e outros usos culinários
Salsinha entra no preparo de uma variedade de alimentos

● Preparo de molhos

● Para temperar carnes, aves e peixes

● Sopas

● Tomates

● Omeletes

● Na manteiga temperada

● Em recheios de canapés, etc

E, caso você plante em casa, a salsinha pode ser colhida, fresca, de maio a fevereiro, quase que o ano todo. Guarde na geladeira, em vasilha fechada, por até uma semana.

Contraindicações da salsinha

Mulheres grávidas não devem tomar o chá de salsa e nem abusar do seu uso como tempero pois, esta planta ativa os movimentos uterinos e pode predispor ao aborto.

Pessoas alérgicas a outras plantas da família da salsinha, como a cenoura, a erva-doce ou o aipo, também podem ser mais sensíveis aos componentes químicos da salsa devendo evitá-la.

O óleo essencial de salsa é bastante forte e pode gerar dores de cabeça, vertigem, perda de equilíbrio, convulsões e danos renais portanto, muito cuidado com seu uso.

O chá de salsa deve ser consumido fresco pois, com o tempo pode oxidar. Também não se deve usar este chá durante o período da noite.

Fonte: Green Me
Foto: Green Me

Foto

Notícias Relacionadas