PatoBranco.com

Chapecoense - Após título, é hora de focar na Libertadores

Publicado em: 18/04/2017 08:02

Depois de conquistar o título do Segundo Turno do Campeonato Catarinense, o primeiro após a tragédia no final do ano passado, a Chapecoense precisa deixar a euforia de lado para focar na Copa Libertadores. Após a derrota para o Lanús na última rodada, a Chape vai em busca da vitória contra o Nacional-URU nesta terça-feira, às 21h45, na Arena Condá, para deixar a lanterna do Grupo 7.

Apesar de estar na última posição, a chave está bastante equilibrada. Todos os times somam três pontos, com uma vitória e uma derrota cada. Por ter saldo de gols negativo (-1), a Chape aparece no último lugar. O Nacional-URU, que também vem de uma derrota para o Zulia-VEN, é o terceiro colocado. Quem vencer terminará a 3ª rodada na zona de classificação à próxima fase.

PRA VOLTAR A VENCER

A vitória contra o Joinville por 2 a 0 no último sábado, na final do Catarinense, elevou o moral da Chapecoense para a "decisão" na Libertadores. Túlio de Melo e Reinaldo, um dos símbolos dessa nova Chape, marcaram os gols. O atacante deve começar no banco de reservas contra o Nacional, enquanto o lateral segue sendo titular incontestável.
Apesar de colocar Túlio de Melo na reserva, Vágner Mancini deve abrir mão do esquema com três volantes. A tendência é que João Pedro jogue mais avançado, deixando de dar proteção à zaga para chegar com perigo ao gol adversário. Apesar de nenhum time ter vencido como mandante no Grupo 7, Túlio de Melo disse que o fator casa faz muita diferença, e a Chape precisa saber usar a seu favor.

"O fator casa sempre foi uma grande influência nas partidas da Chapecoense. Todo mundo que vem jogar aqui, joga com certa apreensão. Temos de usar essa força que temos nos jogos em casa em todas as competições", afirmou o atacante, que será opção ao técnico Vagner Mancini.

LÍDER URUGUAIO

Enquanto a Chapecoense celebrou um título no último fim de semana, o Nacional-URU pode se dar o luxo de dizer que é líder do Campeonato Uruguaio. O time soma 26 pontos, dois a mais que o Defensor, e vem de duas vitórias seguidas, enchendo o time de esperanças para sair de Chapecó com os três pontos.

Mas o técnico Martín Lasarte tem problemas para definir o time titular. O lateral Fucile, os meias Liguera e Carballo, e os atacantes Viudez e Fernández estão machucados e nem viajaram com o elenco. Por outro lado, o meia González deve voltar ao time após se recuperar de problemas estomacais.

"Não há adversários fáceis. A Chapecoense é uma adversária complicada, mas vamos jogar para vencer, é o resultado que queremos. Está claro que o jogo vai ser difícil, mas que possamos jogar no contra-ataque, que é o que temos feito de melhor. Espero que seja um jogo bonito", afirmou o treinador.

FICHA TÉCNICA CHAPECOENSE x NACIONAL

3ª rodada - Fase de Grupos - Data 18/04/2017

Horário 21h45 - Arena Condá - Chapecó (SC)

Árbitro - Carlos Orbe (EQU)

Assistentes - Byron Romero (EQU) e Christian Romero (EQU)

Chapecoense - Artur Moraes; Apodi, Luiz Otávio, Nathan e Reinaldo; Andrei Girotto, Luiz Antônio e João Pedro; Rossi, Arthur Caike e Wellington Paulista

Técnico: Vagner Mancini


Nacional - Conde; Otálvaro, García, Polenta e Espino; González, Romero, Arismendi e Ramírez; Rodríguez (Aguirre) e Silveira

Técnico: Martín Lasarte.

Fonte: Futebol Interior
Foto: Reprodução

Foto

Notícias Relacionadas