PatoBranco.com

Jovens pato-branquenses são capacitados em tecnologia da informação

Publicado em: 11/07/2017 17:09

O Município de Pato Branco, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, juntamente com o Núcleo de Tecnologia da Informação (NTI) e demais entidades parceiras, iniciou nesta segunda-feira, dia 10, a terceira edição do projeto Desenvolvendo Talentos, que oferece capacitação profissional em Tecnologia da Informação para jovens com idade a partir de 16 anos. Para ingressar nas aulas, os alunos participaram de um processo de seleção, para concorrer às 40 vagas disponíveis nesta edição.

No total, serão 330 horas de formação, que representarão aproximadamente quatro meses de encontros semanais, com turmas na Faculdade de Pato Branco (Fadep) e na Faculdade Mater Dei. Os jovens aprenderão sobre programação na plataforma Java, com formação voltada ao nível básico de desenvolvimento de softwares, em diversas interfaces, incluindo a criação de aplicativos para celulares Android.

O chefe da Divisão de Desenvolvimento de CTI, da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação de Pato Branco, Márcio Loss, destaca que o curso busca descobrir talentos e desenvolver aptidões, fomentando o ingresso no mercado de trabalho e estimulando o empreendedorismo. "Essa nova etapa do projeto vem para despertar o talento de novos profissionais, inclusive com uma nova metodologia, focada em aproveitar as áreas em que os jovens mais se destacam em seu dia a dia", ressalta.

A turma foi dividida em duas "trilhas", a lógica e a criativa, com o fornecimento de conteúdos específicos para cada uma delas. Apesar da divisão, a interação ocorrerá propositalmente, em momentos específicos. "Os alunos da trilha da criatividade, além de serem estimulados à criação de soluções inovadoras, receberão noções de design para sites e marketing digital. Haverá vários momentos do curso em que os dois grupos de alunos farão projetos de forma integrada, cada um contribuindo com o conjunto de habilidades que desenvolveu", explica Márcio.

O presidente do NTI, Alessandro Graczyk Moraes, conta que o intuito do curso é ofertar a capacitação e desenvolver o empreendedorismo. "Queremos que mais pessoas se interessem pela área de tecnologia da informação, tendo em vista que este um setor que demanda muitos profissionais. Em nossa cidade, há um cenário promissor para a área e o Desenvolvendo Talentos é um primeiro passo para a formação, pois é necessário que os profissionais sejam qualificados para preencher as vagas existentes", afirma.

A inserção da criatividade nesta nova edição do projeto surgiu a partir de uma demanda apresentada pelo setor. "Identificamos que uma das demandas existentes hoje em Pato Branco e região é por profissionais que entendem além da lógica. Ou seja, mais do que desenvolver softwares e sentir proximidade com conceitos de matemática e estruturas de algoritmos, há espaço, também, para aqueles que tenham mais aptidão na área criativa, desenvolvendo protótipos, telas de sistemas com interfaces mais amigáveis para o usuário final, pois o consumidor está cada dia mais exigente. Por isso, estamos estimulando duas aptidões e mesclando as turmas, para que os alunos colaborem uns com os outros, em prol de uma formação mais completa", enfatiza Alessandro.

Expectativas

Entre os tutores do curso está Gabriela Pietra Pereira, estudante do curso de Engenharia da Computação da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) - Câmpus Pato Branco. Ela já esteve do outro lado da tela, pois já foi uma aluna do Desenvolvendo Talentos, em que a formação foi importante para sua vida e carreira. "Quando eu entrei, não tinha noção nenhuma dessa área, mas aprendi, conquistei minha vaga no mercado de trabalho e ingressei no Ensino Superior. Agora, enquanto tutora, auxilio nas aulas, podendo colocar em prática o que estou aprendendo em minha graduação e complementando minha formação", conta Gabriela.

Kamila Tartas, 16 anos e estudante no Colégio Estadual Agostinho Pereira, conta que ficou feliz por ter passado no processo de seleção. "Eu ainda estou indecisa quanto ao curso que escolherei na formação superior, mas sei que independente da opção, essa oportunidade me auxiliará no mercado de trabalho, pois a tecnologia é uma área em crescimento", afirma Kamila.

Mariana Rombaldi, 24 anos e estudante do curso de Administração na UTFPR - Câmpus Pato Branco, buscou a capacitação para complementar sua formação e, futuramente, auxiliar em sua carreira. "Em minha grade curricular há algumas disciplinas similares com os conteúdos do curso, como marketing e e-commerce, então a formação aqui complementará meus conhecimentos e, futuramente, pretendo iniciar meu próprio negócio e o que eu aprender aqui será um diferencial enquanto empreendedora", explica Mariana.

Desenvolvendo Talentos 2017

A metodologia deste ano é totalmente nova, pois além do aluno poder se desenvolver conforme suas aptidões, mais lógica ou mais criativa, com disciplinas e conteúdos próprios para cada estilo, ao final ele será encaminhado para o mercado de trabalho, em estágios em empresas do setor. Outra novidade é que para concluir a formação, os participantes desenvolverão um projeto na maratona que será realizada durante a Inventum 2017 e na Campus Weekend Pato Branco, em outubro, no formato de hackathon.

A experiência também representará uma oportunidade para quem deseja ingressar no Ensino Superior, pois além de permitir que os participantes conheçam a área, uma das novidades do projeto é que a Faculdade de Pato Branco (Fadep) e a Faculdade Mater Dei oferecerão, para os participantes da terceira turma do Desenvolvendo Talentos que concluírem a formação, descontos de 30% nas mensalidades nos cursos da área de Informática ofertados pelas instituições.

História e parcerias

Até o momento, o Desenvolvendo Talentos ofertou e concluiu duas turmas, uma em 2013 e outra em 2014, totalizando 80 jovens qualificados nas últimas duas edições e 40 inseridos no mercado de trabalho, por meio da parceria com empresas locais.

O Desenvolvendo Talentos 2017 é promovido pela Prefeitura de Pato Branco, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação, juntamente com o NTI. A iniciativa conta com apoio da Fadep, da Faculdade Mater Dei, Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), Sebrae/PR, Idetep, Núcleo Regional de Educação (NRE), Senai, Alura e empresas do setor de TI instaladas em Pato Branco.

Fonte: Departamento de Comunicação Social do Município de Pato Branco
Foto: Assessoria de Imprensa

Foto

Notícias Relacionadas