PatoBranco.com

Réplica do Orkut surge na internet, mas é melhor ter cautela

Publicado em: 13/07/2017 08:43

Nas últimas horas tivemos o retorno de um velho conhecido dos brasileiros: o Orkut. A rede social que foi desativada há três anos teria ressurgido com um novo endereço e o mesmo layout clássico.

De acordo com o Google, empresa dona do Orkut original, porém, a rede social permanece desativada, assim como o acervo de comunidades que também foi apagado da internet. Além disso, quem quisesse uma cópia offline do seu perfil, teve até o ano passado para fazer o download.

O orkut.li, endereço que surgiu na internet nesta semana, nada mais é do que uma réplica do Orkut original. Além do domínio que não tem qualquer ligação com o Google, é possível notar, em uma rápida consulta a catálogos de endereços de IP, que o registro foi feito em 2006 e pertence a uma pessoa que mora em São Paulo.

Não é possível saber onde o servidor do novo site está hospedado, mas este serviço é feito pela plataforma de cache CloudFlare. Ao acessar o site em alguns navegadores, como o Chrome ou o Safari, é possível que um alerta de segurança apareça na tela indicando que o site pode ser uma tentativa de phishing.

Phishing é uma prática de roubo de informações pessoais através de formulários que imitem os de um site sério. Para usar o novo Orkut, é necessário fazer um cadastro, incluindo a inserção de um endereço pessoal de e-mail. Há o risco de que esse formulário seja feito para coletar e-mails de possíveis vítimas, mas não há como ter certeza por enquanto.

Após a repercussão do "ressurgimento" do Orkut, surgiu uma mensagem na página principal da nova rede social que diz: "O orkut.li não tem vinculo com o Google. Crie uma nova conta para acessar. Fique tranquilo, nosso site não contém vírus e não vai roubar seus dados. Nosso objetivo é ajudar a conhecer novas pessoas e construir novas amizades".

Além disso, o endereço usa o protocolo HTTPS, que garante a segurança na troca de informações entre cliente e servidor. Ou seja, não há como saber com certeza se o Orkut.li é uma isca para atrair usuários desavisados a entregar informações pessoais ou se é, de fato, uma legítima homenagem ao finado site de relacionamentos, que chegou a ser um dos mais populares do Brasil antes do crescimento avassalador do Facebook.

Uma vez que o cadastro é feito, a rede social não só imita o layout, mas também as funções básicas do Orkut clássico, como descrições detalhadas de perfis, recados, depoimentos e comunidades. Só não é possível ainda criar tópicos de discussão nos fóruns ou conferir a lista de participantes.

Fonte: Olhar Digital
Foto: Reprodução

Foto

Notícias Relacionadas