PatoBranco.com

Previsão de muito frio para os próximos dias em nossa região, confira!

Publicado em: 17/07/2017 05:01

Áreas de chuva avançam sobre as regiões oeste e sudoeste do Estado do Paraná neste momento. Até às 05 horas, foram registradas rajadas de vento de 50,8 Km/h em Icaraíma (INMET), 51,1 Km/h em Marechal Cândido Rondon (INMET) e de 43,9 Km/h em Palotina. Mas em todas as regiões o vento está presente com fortes rajadas.

Nesta segunda-feira é esperada uma mudança brusca das condições do tempo no Paraná.

A frente fria segue seu deslocamento pelo Estado, com previsão de chuva na maioria das regiões e ainda pode ter algumas rajadas de vento no decorrer do dia.

No entanto, na retaguarda deste sistema frontal, uma intensa massa de ar polar ingressa na Região Sul e causa forte resfriamento ao longo do dia nas regiões paranaenses, tanto que será observado um rápido e expressivo declínio de temperatura, principalmente a partir da tarde.

A sensação de frio aumenta abruptamente e, por causa do ar frio e do vento, teremos uma noite muito gelada no Estado, inclusive com chance de observação de geada negra na virada de segunda para terça-feira entre o sudoeste e sul paranaense.

Além disso, um pouco antes a combinação de muita umidade e muito frio proporciona uma condição favorável ocorrência de chuva congelada e até mesmo a possibilidade de queda de neve em alguns municípios da divisa com Santa Catarina entre o fim da tarde e início da noite, especialmente nas áreas de serras entre Clevelândia, Palmas, General Carneiro, etc.

A terça-feira também será gelada no Paraná. A frente fria começa a deixar o Estado, mas, na madrugada, ainda chove entre as áreas mais ao norte e leste.

O grande destaque mesmo é a massa de ar polar que se estabelece sobre a Região Sul e causa forte declínio das temperaturas também nas regiões paranaenses.

O amanhecer será de muito frio e mesmo ao longo do dia não esquenta e permanece gelado por causa do vento. A perspectiva é de registro de valores negativos de temperatura no Centro-Sul e em parte do Sudoeste e Campos Gerais.

O ar frio também se espalha pelas áreas do norte paranaense e a temperatura diminui muito em comparação aos dias anteriores.

A previsão é de formação de geadas fortes e também há risco de prejuízos para a agricultura em função da combinação de ar frio e vento (geada negra).

Então prepare-se! Os próximos dias da semana serão bem gelados nas regiões paranaenses e o destaque passa a ser a ocorrência de geadas e o frio intenso ao amanhecer.

NEVE NO SUL

Depois de um sábado de verão, com temperaturas ultrapassando os 30ºC em diversas regiões do Rio Grande do Sul, a noite de domingo começou com sensação térmica negativa em municípios gaúchos, com registro de neve granular. O fenômeno ocorreu em Pinheiro Machado, na Serra do Sudeste, por volta das 19min.

A temperatura chegou a 3,2ºC na cidade, com sensação térmica negativa, conforme a estação meteorológica instalada no Parque Charrua. Os relatos da neve foram divulgados pelos estudantes de Meteorologia da UFPel Allef Matos, Fernando Rafael e Gabriel Cassol.

A precipitação invernal, como é chamada pelos meteorologistas, durou por uma hora e 20 minutos. "Primeiro caiu chuva congelada misturada com chuva líquida, depois uma pancada de neve granular e assim seguiram os fenômenos de forma intercalada", explicou Fernando Rafael.

Conforme a meteorologista Estael Sias, da MetSul, a neve granulada é semelhante ao granizo e a diferença está na maneira em que o gelo chega no solo. "A queda de granizo tem uma duração mais rápida e as pedras de gelo quicam, batem e voltam, já a neve cai diretamente e pode ser mais prolongada", explica. Também houve registro de chuva congelada em Santana do Livramento, na região da Campanha.

Já para segunda-feira, a previsão é de neve em maior intensidade para vários pontos localizados entre Santa Maria e Passo Fundo. "A gente pode ter essa condição a qualquer momento do dia em locais com altitude acima de 500 ou 600 metros", projeta Estael.

NEVE NA SEMANA

A semana começa bem fria em todo o Rio Grande do Sul e também Santa Catarina. Apesar de não existir previsão de temperaturas negativas, a segunda-feira (17) deverá registrar neve nas áreas mais elevadas dos Estados - principalmente na Serra.

Segundo a Somar Meteorologia, uma frente fria seguida de uma massa de ar polar mantém a condição para que o evento ocorra a qualquer hora do dia.

Fonte: Redação PatoBranco.com com informações do SIMEPAR - Rádio Gaucha - Zero Hora
Foto: Imagem Ilustrativa

Foto

Notícias Relacionadas