PatoBranco.com

Vereador preso com carro roubado e cigarros no PR está sem receber salário

Publicado em: 13/10/2017 09:44

A Câmara de Vereadores de Ramilândia, oeste do Paraná se manifestou por meio de nota sobre a prisão de um vereador com cigarros em Laranjeiras do Sul.

O parlamentar foi detido no último domingo (08), com um veículo Azera roubado e carregado com cigarros contrabandeados.

Houve perseguição antes da prisão.

Em nota, a casa de leis afirma que Vagner Braga Brites, ficará sem receber salário já que está preso, e que também tomará todas as medidas disponíveis e legais para dar normal andamento aos trabalhos na Câmara.

Confira a nota na íntegra:

É cediço que na noite deste domingo, dia 08 de outubro de 2017, o parlamentar Vagner Braga Brites, eleito para o cargo de vereador para a gestão 2017/2020, foi preso em flagrante, em consequência da ocorrência policial atendida por policiais lotados na localidade de Laranjeiras/PR descrita no respectivo Boletim de Ocorrência Unificado n. 2017/1178766, conforme inúmeras notícias na mídia.

Até a data de ontem (09/10) a Câmara Municipal de Ramilândia não fora notificada oficialmente dos fatos ocorridos, razão pela qual se absteve de qualquer posicionamento ou juízo de valor.

Não obstante, preocupada com o interesse público primário e as consequências internas, oficiou juntamente ao Delegado Chefe da Policia Federal de Guarapuava-PR, requerendo informações formais sobre as notícias, a fim de ratifica-las.

Prontamente, a Delegacia de Polícia Federal de Guarapuava, por seu Delegado, respondeu o pleito deste Poder Legislativo por meio do Ofício n. 1543/2017, o qual esclarece que o Inquérito Policial n. 0274/2017-4-DPF/GPB/PR foi aforado perante a 1ª Vara Federal de Guarapuava, devidamente homologado a prisão em flagrante, com a consequente conversão em prisão Preventiva.

Por conseguinte, esta casa de Leis, no uso de suas atribuições e normas regimentais, atendendo a Medida inominada, instituída pelo Processo n. 42396/17 do TCE-PR, suspendeu, inicialmente, o pagamento dos subsídios do vereador, pois se encontra restrito de sua liberdade cautelarmente.

Informa, ainda, que tomará todas as medidas disponíveis e legais para dar normal andamento aos trabalhos deste Poder Legislativo, bem como eventual convocação do seu suplente.

Ramilândia, 10 de outubro de 2017.

Roberto Martins Tosta
Presidente da Câmara Municipal de Ramilândia
Biênio 2017/2018

Fonte: CatvE
Foto: Reprodução

Fotos

Notícias Relacionadas