PatoBranco.com

Mais 21 unidades de saúde recebem selos de qualidade

Publicado em: 01/12/2017 16:41

O Governo do Paraná promoveu nesta sexta-feira (1°), em Foz do Iguaçu, mais uma etapa do processo de certificação das unidades de saúde da família que se destacaram ao longo de 2017. Ao todo, 21 equipes da região foram premiadas com selos de qualidade: 9 prata e 12 bronze - um reconhecimento à excelência no atendimento da comunidade.

De acordo com o secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, a concessão destes títulos representa um marco para o sistema de saúde local. "Mais do que uma certificação, este selo simboliza uma mudança no modelo de atendimento, focado na qualidade. Um processo árduo, que demanda o empenho de toda a equipe, mas que também traz inúmeros benefícios à população", afirmou.

Para Caputo Neto, os selos também são uma forma de valorizar o trabalho dos profissionais que atuam na base do sistema. "São agentes comunitários de saúde, enfermeiros, técnicos de enfermagem, médicos, fisioterapeutas, farmacêuticos e mais uma série de profissionais que trabalham de forma integrada para atender as pessoas. E é a construção deste sentimento de união que torna este projeto tão importante", acrescenta o secretário.

Nesta sexta-feira (01), foram contemplados cinco municípios da área de abrangência da 9ª Regional de Saúde: Itaipulândia, Matelândia, Medianeira, Missal e Santa Terezinha de Itaipu. Apesar disso, todas as 60 unidades de saúde dos nove municípios da Regional já participam do projeto e vão pleitear os selos de qualidade nas próximas avaliações - incluindo Foz do Iguaçu, Sertanópolis do Iguaçu, São Miguel do Iguaçu e Ramilândia.

TUTORIA - Os números do projeto de tutoria já são bastante expressivos. Presente em 312 municípios, a iniciativa envolve mais de 900 unidades de saúde. Elas são acompanhadas por técnicos da Secretaria de Estado da Saúde que também orientam e prestam consultoria às equipes das unidades que aderem ao projeto.

Segundo o superintendente de Atenção à Saúde, Juliano Gevaerd, atualmente 457 unidades estão passando pelo processo de avaliação da tutoria, que verifica o cumprimento de mais de 100 itens de qualidade para a obtenção dos selos. "Trata-se de uma avaliação bastante criteriosa, que realmente testa a organização do processo de trabalho dentro da unidade de saúde. Tudo isso baseado nas diretrizes do programa Apsus, que norteia toda a conduta na atenção primária do Paraná", ressaltou.

Gevaerd explica que a tutoria permite a aplicação dos conceitos abordados nas nove oficinas temáticas do programa, realizadas em todo o Estado desde 2011. "Mais de 38 mil profissionais de saúde foram capacitados. Sem dúvida, um dos maiores programas de educação permanente já desenvolvidos no Estado, quando se fala em atenção primária", destacou.

PARCERIA - O secretário de Saúde de Santa Terezinha de Itaipu, Fábio de Mello, conta que sabe bem da importância desde apoio do Estado na capacitação dos profissionais. "Em 2011, quando eu era enfermeiro de unidade de saúde, participei das oficinas do Apsus. Realmente é algo inspirador, que nos motiva a fazer mais pelos nossos pacientes. Com certeza, é um dos grandes acertos desta gestão", afirmou.

Outro que fez questão de destacar a relevância da parceria entre Estado e municípios para a melhoria da qualidade do atendimento à população foi o prefeito de Matelândia, Rineu Menoncin (Teixeirinha). "Estamos vivendo um momento histórico, junto com o Governo do Estado. Celebrando mais um avanço para a população. Todos que estão aqui são verdadeiros heróis da saúde e merecem ser reconhecidos", afirmou.

Além da entrega dos selos, a solenidade desta sexta abriu espaço para que os profissionais de saúde contemplados com os selos falassem um pouco sobre as mudanças que foram feitas para a obtenção do título. Relatos que demonstram o quando é importante o trabalho multidisciplinar dentro da rede pública de saúde.

Um dos depoimentos foi do médico da saúde da família, Walter Hugo Urtado, de Itaipulândia. Para ele, a tutoria cumpre um papel essencial no fortalecimento de um dos setores mais sensíveis da saúde, que é a atenção primária. "Cerca de 70% dos problemas de saúde da população podem ser resolvidos na atenção primária, que envolve os postos de saúde e a estratégia de saúde da família. É lá que podemos trabalhar com prevenção e promoção da saúde, melhorando os indicadores da comunidade", disse.

HOSPITAL - Durante o evento, o secretário Michele Caputo Neto assegurou o apoio do governo estadual na continuidade da reestruturação do Hospital Municipal Padre Germano Lauck, em Foz do Iguaçu.

Ele afirmou que, mesmo com o fim da intervenção administrativa do Estado e o retorno da gestão à Prefeitura Municipal, o governo estadual seguirá apoiando financeiramente a estrutura.

"Colocamos o Hospital novamente nos trilhos. Hoje há um equilíbrio nas contas, mas mesmo assim vamos continuar ajudando no que for preciso. Prova disso é o repasse que vamos fazer a prefeitura no valor de R$ 11,5 milhões para auxiliar nos serviços de média e alta complexidade", informou Caputo Neto.

Também participaram do evento o prefeito de Foz do Iguaçu, Chico Brasileiro; o diretor da 9ª Regional de Saúde, Ademir Ferreira; prefeitos, vereadores e demais autoridades da região da fronteira.



Confira as unidades certificadas

SELO BRONZE

Itaipulândia:

Unidade de Saúde Caramuru



Medianeira:

Unidade de Saúde Belo Horizonte

Unidade de Saúde Condá

Unidade de Saúde Independência

Unidade de Saúde Ipê

Unidade de Saúde Nazaré



Missal:

Estratégia Saúde da Família Dom Armando

Estratégia Saúde da Família Portão do Ocoi



Santa Terezinha de Itaipu:

Unidade de Saúde da Família BNH

Unidade de Saúde da Família do Centro

Unidade de Saúde da Família Parque dos Estados

Unidade de Saúde da Família Santa Mônica



SELO PRATA

Itaipulândia:

Unidade de Saúde Caramuru

Unidade de Saúde Central

Unidade de Saúde São José do Itavó



Matelândia:

Unidade Básica de Saúde Agro-Cafeeira

Unidade de Saúde Central

Unidade Básica de Saúde Jardim Tropical

Unidade de Saúde Vila Nova

Unidade de Saúde Vila Pása



Missal:

Estratégia Saúde da Família Bairro Renascer

Fonte: AEN
Foto: Reprodução

Foto

Notícias Relacionadas