PatoBranco.com

Confira a 'Seleção do Brasileirão' e os premiados pela CBF

Publicado em: 05/12/2017 06:16

O atacante Jô foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro, em prêmio concedido pela CBF, nesta segunda-feira (4). O jogador também entrou na seleção e foi um dos artilheiros do torneio, ao lado de Henrique Dourado, do Fluminense, com 18 gols.

Após receber o prêmio de craque do torneio, Jô agradeceu ao elenco corintiano, ao técnico Fábio Carille, ao presidente Roberto de Andrade e aos torcedores alvinegros. "Eu dedico o prêmio aos jogadores pelo ano que tivemos, pela desconfiança. Temos que levar o futebol a sério, é o que dá o sustento às nossas famílias. Eu não esperava um ano tão bom como esse."

Além do atacante alvinegro, outro grande destaque da premiação foi Hernanes. O jogador do São Paulo venceu os prêmios de craque da galera, de gol mais bonito do Brasileiro, marcado no empate contra a Ponte Preta e também foi eleito um dos melhores meia do torneio, ao lado de Thiago Neves.

O gol marcado contra a Ponte Preta pode ser considerada a zebra da premiação. O tento de falta de Hernanes foi feito no empate em 2 a 2 contra a Ponte Preta. O gol ficou na frente do feito por Otero, do Atlético-MG, de cobertura contra o Coritiba, e também de Jonathan, que driblou vários defensores do Corinthians antes de fazer um belo gol para o Atlético-PR.

O campeão Corinthians também foi agraciado com dois prêmios a Carille, escolhido como o técnico revelação de 2017 e melhor treinador em geral. Dentre os jogadores, a revelação é o volante Arthur, do Grêmio.

A seleção do Campeonato Brasileiro tem a seguinte escalação: Vanderlei; Fagner, Geromel, Balbuena e Guilherme Arana; Arthur, Bruno Silva, Hernanes e Thiago Neves; Henrique Dourado e Jô.

Zagallo é homenageado
O homenageado pela CBF nesta segunda-feira foi Mário Jorge Lobo Zagallo. Campeão do mundo como jogador e técnico pelo Brasil, o Velho Lobo ouviu depoimentos de Tite, Jairzinho, Taffarel, Ricardo Rocha e Américo Faria em vídeo.

Depois, o ex-ponta esquerda de 86 anos foi ao palco carregado por Fernanda Gentil, onde ouviu um tributo citado por Carlos Alberto Parreira. Além disso, o técnico do tetra entregou uma camisa da seleção brasileira com o número 13 para Zagallo.

Emocionado, Zagallo agradeceu ao presidente da CBF e mostrou animação para ver o Brasil na Copa de 2018. "Hoje eu estou vivendo uma satisfação muito grande em ver esses jogadores novos, que são como se fossem meus filhos. Eu estou com 86 anos, não é fácil, vocês vão chegar lá, vão ver o que é bom. Quero agradecer ao presidente Del Nero pela lembrança do meu nome. Estou pronto para outras. A idade não tem problema, a cabeça funciona."

Torcida do Sport ganha prêmio
O Prêmio Não É Só Futebol foi para a torcida do Sport. Pouco depois da morte de Pedro, filho de Abel Braga, o técnico do Fluminense foi aplaudido de pé pelos rubro-negros na Ilha do Retiro, na volta do treinador ao banco do time tricolor após a tragédia. A partida, que ocorreu em 2 de agosto, terminou empatada em 2 a 2.

Veja os vencedores da premiação da CBF:
Melhor jogador: Jô

Melhor goleiro: Vanderlei (Santos)
Melhor lateral direito: Fagner (Corinthians)
Melhores zagueiros: Balbuena (Corinthians) e Geromel (Grêmio)
Melhor lateral esquerdo: Guilherme Arana (Corinthians)
Melhores volantes: Arthur (Grêmio) e Bruno Silva (Botafogo)
Melhores meias: Thiago Neves (Cruzeiro) e Hernanes (São Paulo)
Melhores atacantes: Jô (Corinthians) e Henrique Dourado (Fluminense)
Melhor técnico: Fábio Carille (Corinthians)

Artilheiros: Jô (Corinthians) e Henrique Dourado (Fluminense) - 18 gols
Revelação: Arthur (Grêmio)
Craque da galera: Hernanes (São Paulo)
Golaço do Brasileirão: Hernanes (São Paulo)
Não é Só Futebol: Torcida do Sport
Fair play: Renato Gaúcho (Grêmio)
Melhor trio de arbitragem: Raphael Claus (árbitro), Guilherme Dias Camilo e Bruno Raphael Pires (Assistentes)

Fonte: Esporte UOL
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Foto

Notícias Relacionadas