PatoBranco.com

Pagamento de boleto vencido poderá ser feito em qualquer banco a partir de julho

Publicado em: 07/01/2018 13:59

A partir de 24 de março, os boletos de cobrança de valor igual ou acima de R$ 800 passarão a trafegar pela Nova Plataforma de Cobrança para processamento das informações de pagamento, o que possibilitará, por exemplo, o pagamento de boletos após o vencimento em qualquer agência bancária, sem erros nos cálculos de multas e encargos.

O novo sistema de liquidação para os boletos bancários foi desenvolvido pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) em parceria com a rede bancária.


"O novo sistema permite a identificação do emissor e do pagador, com a indicação do CNPJ/CPF, o que facilita o rastreamento de pagamentos e redução das fraudes, fonte de preocupação permanente para todo o sistema bancário", afirma Walter Tadeu de Faria, diretor-adjunto de operações da Febraban. O sistema ainda reduz a inconsistência de dados e evita pagamento em duplicidade.


Cronograma
Em operação desde julho do ano passado, quando passaram a ser processados os boletos de valor igual ou acima de R$ 50 mil, a Nova Plataforma vem gradualmente, incorporando os montantes inferiores a esse valor à sua base de dados. A mais recente etapa do cronograma para funcionamento do novo sistema começou em setembro, com a incorporação dos boletos de valor igual ou acima de R$ 2 mil.


O cronograma inicial previa que a Nova Plataforma passasse a registrar todos os boletos a partir do fim de 2017, mas foi necessária uma adaptação para garantir a segurança e a tranquilidade no processamento, em função do elevado número de documentos - cerca de 4 bilhões de boletos por ano, montante que exige capacidade de processamento superior à de uma das grandes processadoras globais de cartões de crédito.


"Além de um prazo maior, decidiu-se adotar um período de convivência entre o antigo modelo de cobrança, que permitia os boletos sem registros, e o novo, que deverá ter todos os boletos de pagamento registrados na base, para que não houvesse problemas de atendimento aos clientes", explica o diretor da Febraban.


Esse período de convivência entre os dois modelos será encerrado gradativamente a partir deste mês, de acordo com a faixa de valores dos boletos. Veja a tabela abaixo:


Fim do prazo de convivência
A partir de 13 de janeiro - R$ 50 mil ou mais
A partir de 3 de fevereiro - R$ 4 mil ou mais
A partir de 24 de fevereiro - R$ 2 mil ou mais


A partir de 24 de março, todos os boletos que passarem pela Nova Plataforma terão de seguir as normas do novo sistema, dentro do seguinte cronograma:


Novo cronograma
A partir de 24 de março - R$ 800,00 ou mais
A partir de 26 de maio - R$ 400,00 ou mais
A partir de 21 de julho - R$ 0,01 ou mais
Em 22 de setembro - processo concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros.

Fonte: Gazeta do Povo
Foto: Daniel CastellanoGazeta do Povo/Arquivo

Foto

Notícias Relacionadas