PatoBranco.com

Polícia Federal deflagra a oitava fase da Operação Pecúlio, em Foz do Iguaçu

Publicado em: 16/01/2018 08:15

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta terça-feira (16) a oitava fase da Operação Pecúlio. A ação, batizada de "Renitência" apura desvios públicos na Fundação Municipal de Saúde de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Os policiais estão cumprindo seis mandados de prisão, sendo três temporárias e três preventivas, que não têm prazo para terminar. Além disso, também devem ser cumpridos outros 12 mandados de busca e apreensão.

Conforme a PF, as investigações apontam que um dos atuais vereadores da cidade era o chefe do esquema de desvios de dinheiro. Ele atuava em conjunto com pelo menos um funcionário da Fundação Municipal de Saúde. Os nomes não foram revelados.

A dupla agia para direcionar contratações públicas na área da saúde da cidade.

Além disso, a polícia descobriu que uma pessoa sem a devida qualificação produzia laudos de exames de diagnóstico no Hospital Municipal Padre Germano Lauck, causando risco potencial à saúde dos pacientes.

Nome da operação

A PF informou que a operação "Renitência" recebeu esse nome em alusão ao fato de que, mesmo após as outras sete fases da Pecúlio, agentes públicos seguem cometendo fraudes na administração da cidade.

Fonte: G1 Globo RPC
Foto: Marcello Casal Jr / Agência Brasil

Foto

Notícias Relacionadas