PatoBranco.com

BRASIL - Governo pode investigar postos por suspeita de formação de cartel

Publicado em: 09/02/2018 06:18

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Moreira Franco, informou que pediu ao presidente do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), Alexandre Barreto, para investigar os preços praticados por postos de combustíveis.

O ministro está preocupado com uma possível formação de cartel no setor. Moreira Franco questionou o fato dos postos não reduzirem os preços quando a Petrobras diminui nas refinarias.

"O fornecedor é que fixa preço e o consumidor tem direito a escolher um preço mais baixo. O que nós estamos vendo é que quando há queda na Petrobras, ela não se reflete na bomba de gasolina. O consumidor não está sendo beneficiado", disse o ministro.

Na primeira semana do ano, a Petrobras reduziu os preços do diesel e da gasolina nas refinarias, respectivamente, em 3,5% e 2%. Em 13 de janeiro, a empresa diminuiu novamente os valores dos dois combustíveis em 0,7%. No dia 18 do mesmo mês, a companhia anunciou nova queda para a gasolina, de 0,5%.

Ontem, foi anunciado mais uma redução do preço da gasolina e do diesel. A partir de hoje, os novos preços estarão 3% (gasolina) e 2,6% (diesel) mais baratos nas refinarias.

Fonte: Bem Paraná
Foto: Crédito na imagem

Foto

Notícias Relacionadas