PatoBranco.com

Ano começa positivo para o varejo paranaense em 3,51%

Publicado em: 13/03/2018 08:07

O ano começou positivo para o varejo paranaense. Segundo a Pesquisa Conjuntural da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná (Fecomércio PR), as empresas do comércio tiveram aumento de 3,51% nas vendas em janeiro na comparação com o mesmo mês do ano passado. Com relação a dezembro último, o resultado foi 16,34% menor.

O resultado foi motivado pelas concessionárias de veículos, que cresceram 24,96% no primeiro mês de 2018. Esta alta expressiva nas vendas de janeiro, sobre igual período do ano passado foi em função da melhora dos índices econômicos com inflação sob controle e retomada na concessão de crédito por parte das instituições financeiras, e a redução do número de desempregados. Tais fatores refletem diretamente na confiança do consumidor e favorecem o mercado de veículos. Os novos modelos e a própria virada do ano estimulam o consumidor a trocar de carro.

O segmento teve destaque na região Oeste, com elevação de 79,03% na comercialização de veículos - incluindo automóveis de automóveis e comerciais leves, bem como caminhões e maquinários agrícola -, em decorrência da safra agrícola, maior liberação de crédito rural e promoções realizadas pelas concessionárias na região. Algumas revendas de automóveis relatam ainda que as férias contribuíram para que as pessoas comprassem mais, pelo fato de terem mais tempo disponível para pesquisar.

O faturamento das lojas de departamentos também se sobressaiu em janeiro, com aumento de 21,95% no estado. O setor teve crescimento em praticamente todas as regiões pesquisadas pela Fecomércio PR. Também registraram crescimento em janeiro, ante o mesmo mês de 2017, os ramos de vestuário de tecidos (5,54%), supermercados (2,47%), autopeças (2,34%) e farmácias (2,34%).

Análise regional

O varejo registrou elevação em quase todas as regiões pesquisadas, exceto Curitiba, que mostrou ligeira queda de 0,9% em janeiro ante o mesmo mês do ano passado.

O destaque positivo ficou com a região Oeste, com aumento de 17,75%, motivada pelos setores de concessionárias de veículos (79,03%), calçados (34,24%), materiais de construção (30,96%), livrarias e papelarias (24,89%), móveis, decorações e utilidades domésticas (17,91%) e vestuário e tecidos (11,57%).

Na sequência figura o Sudoeste (7,52%), Londrina (5,18%), Maringá (3,23%) e Ponta Grossa (1,7%).

Fonte: Fecomércio Paraná
Foto: Imagem Ilustrativa

Fotos

Notícias Relacionadas