PatoBranco.com

Procurado por estuprar garota de 12 anos é preso vendendo doces na saída de escola na Grande Curitiba

Publicado em: 11/04/2018 13:40

Em apoio a Polícia Civil do Rio de Janeiro (RJ), o Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prendeu Sérgio Miranda Almeida, 40 anos, na manhã desta quarta-feira (11/04), no bairro Capela Velha, em Araucária - Região Metropolitana de Curitiba (RMC). O homem é suspeito de estuprar uma jovem de 27 anos, em Jacarepaguá, Zona Oeste do Estado, de onde estava foragido há aproximadamente um mês.

Conforme o que foi apurado, o crime aconteceu no dia 4 de março deste ano. Na ocasião, a vítima estava entrando em um prédio, localizado na Freguesia, quando foi abordada pelo homem. Imagens de câmeras de segurança mostram que ele a ameaçou utilizando um objeto cortante e a levou a força do local.

Investigações realizadas pela Delegacia da Barra da Tijuca (RJ) e Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de Niterói (RJ) informam que a vítima ficou em poder do homem, sendo violentada, por cerca de quatro horas, em diferentes bairros da cidade.

De acordo com o delegado-titular do Cope, Rodrigo Brown, atualmente, aqui no Paraná, o suspeito estava vendendo balas e doces em saídas de escolas de Araucária e em sinaleiros no município.

"O homem já possuí condenações por estupro no Estado do Rio de Janeiro. Em 1998 ele já havia sido preso por tentativa de estupro. Em 2007 ele foi preso em flagrante por violentar uma garota de 12 anos. Situação em que ele abordou a criança no momento que se deslocava para a escola, ameaçou com uma faca e a levou para sua casa, onde filmou toda a ação criminosa", informa Brown.

O delegado ressalta que a prisão do homem deve-se a troca de informações entre as polícias do país e a prontidão em oferecer apoio sempre que necessário. "Graças a um excelente trabalho conjunto, um criminoso que oferecia um grande risco a sociedade foi retirado de circulação", finaliza o delegado.

O homem está preso no Setor de Carceragem Temporária (Secat) do Cope e aguarda transferência para o Estado do Rio de Janeiro (RJ), onde permanecerá à disposição da Justiça.

Fonte: Polícia Civil
Foto: Polícia Civil

Foto

Notícias Relacionadas