PatoBranco.com

Delegado de Matinhos vira réu por roubar droga apreendida na delegacia

Publicado em: 11/05/2018 06:02

O delegado titular de Matinhos, Max Dias Lemos, virou réu pelos crimes de tráfico de drogas e peculato (subtração ou desvio no uso de cargo público) nesta quarta-feira (09).

O juiz que aceitou a denúncia, Ricardo Jose Lopes, também determinou a prisão preventiva dele, acatando o pedido do Ministério Público do Paraná (MP-PR) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco). Ele se apresentou por volta das 19h desta quarta à polícia.

Conforme o MP, o delegado desviou 417 gramas de cocaína do depósito de delegacia, produto de apreensão, e levou para a casa dele.

À polícia, Lemos disse que usava a droga para estudar. No entanto, para os promotores, ele comercializava a cocaína, já que uma parte do que foi desviado não foi encontrada e na casa dele foram encontrados tubos comumente usados para o tráfico.

A denúncia diz: "(...) é incompatível para simples uso do entorpecente, cuja quantidade indica que também deve ter alienado (fornecido), ao menos boa parte da droga".

Lemos já havia sido preso em 29 de janeiro, na Operação Atrox, acusado de soltar, sob pagamento de propina, dois presos investigados por tráfico de drogas e outros crimes. Em 25 de abril, ele foi solto com tornozeleira eletrônica e passou a cumprir medidas cautelares. Ele também responde a esse processo na condição de réu.

Fonte: Rádio Litorânea
Foto: Polícia Civil/Divulgação

Foto

Notícias Relacionadas