PatoBranco.com

Beltrão - Réus condenados por homicídio e lesão corporal

Publicado em: 08/06/2018 05:44

Nesta quinta-feira (07) aconteceu julgamento no Tribunal do Júri da Comarca de Francisco Beltrão, onde submetidos a júri popular Felipe Henrique Almeida Felisbino e Luciano Astresse acusados de homicídio e de lesão corporal.

Felipe Henrique Almeida Felisbino foi condenado a 16 anos de reclusão pelo crime de homicídio contra Jonas Zanin de Vargas e lesão corporal contra Felipe Eduardo dos Santos e como já estava preso foi encaminhado novamente a Penitenciária Estadual.

Luciano Astresse foi condenado pelos mesmos crimes a 14 anos de reclusão e foi concedido direito de recorrer em liberdade.

Os crimes:

Segundo apurado em inquérito policial e no processo judicial no dia 28 de novembro de 2015, na Rua São Marcos, bairro Cango, as vítimas Jonas e Felipe Eduardo estavam em frente a casa de Jonas, quando foram surpreendidos por Felipe Henrique, Luciano e um terceiro não identificado que estavam em Ford/Fiesta conduzido por Luciano que pararam o carro e os atiradores efetuaram diversos disparos de pistolas. Sete atingiram Jonas que foi socorrido, mas morreu no hospital. Felipe Eduardo foi atingido com um tiro na perna.

Os dois chegaram ser presos logo em seguida, mas Luciano foi posto em liberdade mediante alvará.

Segundo o que foi apurado pela polícia e durante o processo judicial a motivação do crime foi de que Jonas teria dado depoimento apontado Felipe Henrique como autor de outro homicídio e o objetivo era lhe calar.

O julgamento:

O Júri popular teve início na manhã de quinta-feira (07) e terminou no inicio da noite quando foi anunciada sentença pela Juíza Dra.Daniela Maria Kruger.

Atuou na promotoria de Justiça a Drª Silvia Skaeta Nunes.

Na defesa de Felipe Henrique a advogada Amanda Zanarelli Merighe e na defesa de Luciano, o advogado Gilberto Carlos Richthcik.

Fonte: Luiz Carlos Maciel - PPNews
Foto: Imagem Ilustrativa

Foto

Notícias Relacionadas