PatoBranco.com

Acadêmico de Engenharia Mecânica é ouro na Segunda Etapa do Campeonato Paranaense de Jiu-Jitsu

Publicado em: 13/06/2018 06:45

A UTFPR - Câmpus Pato Branco tem se consolidado no meio do esporte universitário no Brasil. Jovens que mesmo com tantos afazeres da vida acadêmica, ainda encontram tempo e se dedicam com afinco ao esporte.



Rodrigo Ferraz Sampaio, é acadêmico do curso de Engenharia Mecânica e treina jiu-jitsu há 8 anos, modalidade na qual já e faixa marrom. Baiano de Vitória da Conquista, já competia no jiu-jitsu em sua cidade natal, mas devido à grande demanda do curso com muitas provas, conteúdos, aulas e afins, havia dado uma pausa no esporte, mas retomou aos treinos e as competições estaduais.

No último dia 20 de maio, Rodrigo participou da Segunda Etapa do Campeonato Paranaense de Jiu-Jitsu, no qual conquistou a medalha de ouro na categoria faixa marrom peso leve adulto, e a medalha de bronze no absoluto, na categoria sem limite de peso.

"Fico feliz com os resultados, pois mesmo sem muito tempo para treinar consegui me destacar em um evento muito importante como este. Meu desejo é ficar bem ranqueando na Federação Paranaense, para quem sabe conseguir um apoio do governo", declarou o atleta.

Nessa caminhada Rodrigo contou com o apoio da UTFPB-PB no deslocamento, alimentação, inscrição na filiação na federação e gastos gerais, além de apoio da Atlética das Engenharias.

Como rotina de treinos, Rodrigo conta com o apoio de uma personal trainer, três vezes na semana, segunda, quarta e sexta das 7 às 8 da manhã e todas as noites depois das aulas, das 20 horas às 21h30min. Nos horários vagos entre uma aula e outra e nos fins de semana, dedica seu tempo aos estudos. Em meio a tantos compromissos Rodrigo ainda arranja tempo para participar da equipe Pato Boats de Mecânica.

Como próximos desafios, Rodrigo tem a intenção de ir melhorando o condicionamento e desempenho nos campeonatos. Deseja participar do Mundial do ano que vem na Califórnia EUA, onde tem que vencer ou ficar entre os 3 primeiros colocados de uma das eliminatórias, que são diversos campeonatos que acontecem no Brasil, "aqui no Sul do Brasil, temos o Floripa Open e Curitiba Open de Jiu-Jitsu que são os mais campeonatos mais importantes, além do Brasileiro, sendo esses meus próximos desafios", revelou.

Mas não para por aí, Rodrigo sabe que o nível das disputas são muito acirradas. Sobre resultados e avaliação para o futuro ele diz: "Vi que o nível dos campeonatos é bem alto. Queria ter conseguido ser campeão no absoluto que é o de limite de peso, mas fiquei satisfeito com meu desempenho. Minha intenção é sempre melhorar, pois cada campeonato serve como uma forma de aprendizado, mesmo que não venha com a vitória". É isso aí Rodrigo, por tudo isso você já é um vencedor!

Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Assessoria de Imprensa

Foto

Notícias Relacionadas