PatoBranco.com

Homem é condenado a 16 anos de prisão por matar fiscal da prefeitura em lixão de Santa Tereza do Oeste

Publicado em: 20/06/2018 06:33

Um homem foi condenado, na noite desta terça-feira (19), a 16 anos de prisão em regime fechado pela morte de uma fiscal ambiental da Prefeitura de Santa Tereza do Oeste, na região oeste do Paraná, em 2015, e pela tentativa de homicídio de um motorista da prefeitura.

Ele poderá aguardar recursos em liberdade porque estava respondendo ao processo fora da prisão.

Ademir dos Santos Geleski também foi absolvido pelo júri dos crimes de furto (por supostamente usar o carro da prefeitura para fugir), de trânsito (pela suspeita de deixar um adolescente dirigir) e corrupção de menores (pela suposta participação do irmão adolescente no crime).

A morte de Sandra Marilda Lopes, à época com 54 anos, foi no dia 30 de julho de 2015, em um lixão do município. Conforme a Polícia Militar (PM), eles foram ao local fazer uma fiscalização, mas acabaram sendo agredidos por Geleski e um irmão dele que, à época, tinha 17 anos.

Segundo acusação, logo que a dupla chegou ao lixão, os dois irmãos - que trabalhavam com recicláveis - começaram a discutir e jogar pedras contra eles. Em seguida, a fiscal e o motorista foram agredidos com uma faca. O motorista conseguiu fugir e chamar a polícia.

O advogado de defesa de Geleski, Jonathan Rodrigues da Luz, afirma que a condenação por dois crimes foi contrária às provas dos autos e que vai recorrer da decisão. Também ressaltou que o cliente foi absolvido de outras três imputações.

Fonte: G1 Globo
Foto: Imagem Ilustrativa

Foto

Notícias Relacionadas