PatoBranco.com

Band marca data de primeiro debate entre candidatos ao governo do Paraná

Publicado em: 10/07/2018 08:07

O primeiro debate entre candidatos ao governo do Paraná em emissora de televisão aberta será no dia 16 de agosto, às 22 horas, na TV Band Curitiba. Desde de 1994, a Band realiza o primeiro debate, tanto entre candidatos aos governos, como entre os postulantes à presidência da República, que neste ano será no dia 9 de agosto. No Paraná, o debate será mediado pelo jornalista Douglas Santucci.

A Band ainda não definiu as regras do debate, que devem seguir os moldes determinados pela legislação eleitoral. A participação dos candidatos também é prevista por lei e precisa ser seguida com rigor.

As empresas, tanto emissoras de rádio e TV, quanto canais na internet, são obrigadas a convidar os concorrentes com representação de pelo menos cinco parlamentares no Congresso Nacional para debates eleitorais.

"Independentemente da veiculação de propaganda eleitoral gratuita no horário definido nesta Lei, é facultada a transmissão por emissora de rádio ou televisão de debates sobre as eleições majoritária ou proporcional, assegurada a participação de candidatos dos partidos com representação no Congresso Nacional, de, no mínimo, cinco parlamentares, e facultada a dos demais", diz a legislação.

No cenário atual de pré-candidatos ao governo do Paraná, o debate da Band teria que convidar o ex-deputado Doutor Rosinha (PT), cuja bancada na Câmara Federal conta com 60 deputados; a governadora Cida Borghetti (PP), com 51 deputados; ex-senador Osmar Dias (PDT), com 20; o deputado estadual Ratinho Junior (PSD), com 20; Professor Piva (PSOL), com seis; e, caso a candidatura se confirme, o senador Roberto Requião (MDB), com 51 deputados.

Os partidos dos pré-candidatos Jorge Bernardi (REDE), com dois; e Geonísio Marinho (PRTB), com nenhum, têm menos de cinco deputados e, portanto, as emissoras não têm obrigação legal de convidá-los.

Isso não impede que a emissora adote um segundo critério, que é a definição de uma certa posição nas pesquisas eleitorais para fazer o convite. O candidato vai se quiser.

Fonte: Narley Resende - Bem Paraná
Foto: Divulgação

Foto

Notícias Relacionadas