PatoBranco.com

Projeto da Disciplina de Planejamento Integrado do Curso de Agronomia reuniu agricultores em Ação de Extensão

Publicado em: 11/07/2018 08:08

Com o objetivo de estabelecer um espaço e um tempo de aproximação dos agricultores com a universidade, bem como, com outros agricultores, que já tiveram uma caminhada de inovação tecnológica na mesma área, ao longo da última segunda-feira, 09 de julho, o Curso de Agronomia, da UTFPR - Câmpus Pato Branco, por meio da disciplina de Planejamento Integrado, realizou a Ação de Extensão "Dia do Agricultor no Câmpus".

A iniciativa reuniu os agricultores da comunidade São Roque, do município de Pranchita (PR), técnicos do Ministério da Agricultura (MAPA), da Secretaria Municipal da Agricultura, com professores dos Cursos de Agronomia e Química e os acadêmicos da Agronomia. A Ação contou com programação técnica focada nos temas relacionados aos projetos que os alunos desenvolveram com as famílias como por exemplo: agroindústria de queijo, salame, planejamento forrageiro, conservação da qualidade da água e rotação de cultura.

Ao longo da manhã a comitiva realizou a visitação ao Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR), onde foram recebidos pela diretora da Unidade, Norma Kyota e tiveram uma palestra a campo sobre a qualidade da produção de leite, com o pesquisador, André Finkler. Na sequência, deslocaram-se ao Câmpus Pato Branco e foram recepcionados pelo diretor-geral, professor Idemir Citadin, a diretora de Graduação e Educação Profissional (DIRGRAD), professora Nilvânia Aparecida de Mello e o diretor de Relações Empresariais e Comunitárias (DIREC), professor Neimar Follmann, que deram as boas-vindas. Ao final da manhã, o grupo ainda teve a oportunidade de conhecer alguns ambientes do Câmpus e, em especial, o Laboratório de Química dos Alimentos. No local, os agricultores assistiram e debateram a tecnologia de transformação de alimentos apropriada à produção artesanal, num diálogo conduzido pela professora Simone Beux.

No turno da tarde, a programação da Ação de Extensão dividiu o grupo em três sub-grupos para visitação às propriedades consideradas "vitrines", sendo: a agroindústria de queijo colonial Martinazo, em Itapejara D’Oeste (PR), para vivenciar o tema da agroindústria certificada pelo Sistema de Inspeção Sanitária Municipal (SIM) para a produção de queijo artesanal; a agroindústria de salame colonial Burile, em Pato Branco, para vivenciar o tema da agroindústria certificada pelo SIM para a produção de salame e defumados de carne suína; e o terceiro sub-grupo retornou ao IAPAR para vivenciar demonstrações de cobertura de solo, espécies forrageiras e rotação de cultura com a participação dos professores da UTFPR, Luis Cesar Cassol e André Brugnara Soares e o pesquisador do IAPAR, Alceu Assmann.

As ações no âmbito desta disciplina, consolidam uma relação com essas comunidades e o Curso de Agronomia que está sendo construída num tempo superior há quatro anos, ou seja, as comunidades recebem os alunos no início do curso e ao final do curso os acadêmicos apresentam projetos de intervenção técnica/administrativa para cada uma das famílias assitidas. Essa mesma estratégia de ensino já estabeleceu parceria com mais de 160 famílias desde 2007, mas, é a primeira vez, que os agricultores vêm até a Universidade receber a devolutiva dos projetos e vivenciar uma interatividade técnica.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Assessoria de Imprensa

Fotos

Notícias Relacionadas