PatoBranco.com

Sequestro de jovem mobilizou Polícia e Saer no Oeste Catarinense

Publicado em: 08/08/2018 08:26

As guarnições da Polícia Militar de São José do Cedro, Princesa e Guarujá do Sul estiveram mobilizadas nesta terça-feira, 07, para atendimento de uma ocorrência nas comunidades de Novo Sarandi/Linha Peperi, no interior de São José do Cedro.

O crime ocorreu quando um rapaz invadiu a propriedade onde reside a ex-namorada e encontrou os pais dela. Após o fim do relacionamento com a adolescente, de 14 anos, a família registrou um boletim de ocorrência devido as ameaças que vinha sofrendo, e solicitou medidas protetivas para evitar a aproximação da menor, que estava na escola, durante a ocorrência.

Após um desentendimento, o dono da casa foi agredido com um golpe de facão no pescoço. Devido à gravidade dos ferimentos, a mulher convenceu o autor para levar a vítima, que havia desmaiado, para atendimento no posto de saúde. No entanto, ela conseguiu chamar socorro e relatou sobre o ocorrido. Neste momento, o autor do crime, de 18 anos, com medo de ser detido fugiu com o carro da vítima, Gol prata. Ele estava acompanhando de outro suspeito, um menor com 17 anos de idade.

Na sequência, os dois foram até o trabalho de sua ex-cunhada, que tem 18 anos, onde disseram que o pai dela estava ferido e precisava de ajuda, convencendo para que entrasse no automóvel. Porém, como ela duvidou da versão, os homens anunciaram o sequestro a levando como refém. Eles afirmaram que somente a largariam se as vítimas retirassem a queixa sobre a agressão.

Ao serem informados dos fatos, policiais de toda região foram mobilizados para buscas a dupla. O helicóptero do Saer também prestou apoio devido a grande mata que existe na região. Por volta de 12h30 houve informação de que a vítima do sequestro havia sido liberada no interior de Dionísio Cerqueira. O próprio criminoso avisou a PM sobre o local e horário da libertação.

Já a dupla continuou a fuga, em direção à Argentina. O rapaz possui familiares no país vizinho. As guarnições solicitaram apoio das autoridades da Argentina e seguem as buscas até localizar e prender o autor, que está agora no país vizinho.

Fonte: Kelly Figueiró / Portal Peperi
Foto: Kelly Figueiró / Portal Peperi

Foto

Notícias Relacionadas