PatoBranco.com

Ministério Público recorre contra decisão que tirou processo de Beto Richa de Moro

Publicado em: 08/08/2018 17:22

O Ministério Público Eleitoral entrou hoje com recurso contra a decisão do desembargador Luiz Fernando Wowk Penteado, do Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) que retirou da 13ª da Justiça Federal, comandada pelo juiz Sérgio Moro, o inquérito contra o ex-governador Beto Richa (PSDB) que investiga suposto repasse de R$ 2,5 milhões da Odebrecht à campanha do tucano ao governo do Estado de 2014.

No recurso, a procuradora regional Eleitoral Eloísa Helena Machado afirma existirem ‘novos elementos probatórios nos autos que demonstram a conexão de parte dos fatos apurados com o objeto das investigações desenvolvidas pela Operação Lava Jato". Ela pede que as investigações sejam compartilhadas entre o Juízo da 177ª Zona Eleitoral, a quem cabe investigar os supostos delitos eleitorais atribuídos ao ex-governador, e a 13ª Vara Federal, coordenada por Sérgio Moro, a quem caberia o acompanamento das investigações dos delitos comuns.

O inquérito contra Beto Richa tramitava inicialmente no Superior Tribunal de Justiça (STJ) até abril, quando ele ainda era governador, em razão do foro privilegiado. Com a renúncia do tucano para disputar a eleição para o Senado, Richa perdeu a garantia de foro e o STJ determinou o envio dos autos à Justiça Eleitoral para o exame da existência ou não de conexão com crimes comuns da esfera federal.

Fonte: Bem Paraná
Foto: Vagner Rosário

Foto

Notícias Relacionadas