PatoBranco.com

Sebrae vai aplicar metodologia de empreendedorismo criativo no projeto Include, do Instituto Campus Party

Publicado em: 10/08/2018 04:56

Esta semana foram inaugurados dois Laboratórios Tecnológicos de Acesso Público, em Pato Branco. O projeto Include, do Instituto Campus Party (ICP), referência em difusão de tecnologia no planeta, é resultado da parceria com o Instituto Regional de Desenvolvimento Econômico e Social (Irdes), a Prefeitura de Pato Branco, a Fogões Petrycoski, o Sebrae/PR e o Instituto Nova Ágora de Cidadania (Inac), ligado ao Ministério de Ciência e Tecnologia. Os laboratórios foram instalados nos bairros Planalto e Alvorada e têm como objetivo a inclusão social através do acesso a inovações tecnológicas e qualificação para o mercado de trabalho. A solenidade aconteceu na Casa da Indústria.

O presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, acredita que os laboratórios Include poderão promover uma transformação social junto aos jovens pato-branquenses. "Precisamos de criatividade, fantasia, paixão e vontade. Crianças e jovens, dos dez aos 18 anos aprenderão sobre programação, robótica, eletrônica, entre outros conteúdos", adiantou.

Farruggia agradeceu aos parceiros que possibilitaram a implantação dos laboratórios e ressaltou a participação do Sebrae Nacional e Sebrae/PR no desenvolvimento das habilidades empreendedoras dos jovens que passarão pelo projeto.

"Aqueles que tiverem vontade de aprender sobre o empreendedorismo serão acolhidos pelo Sebrae. O projeto piloto será executado em Pato Branco e temos a responsabilidade de construir uma metodologia adequada e inclusiva", acrescentou o presidente do Instituto Campus Party.

O gerente da Regional Sul do Sebrae/PR, Cesar Giovani Colini Gonçalves, lembrou que Pato Branco é referência nacional nas políticas de inovação e tecnologia e que a soma de energias e o investimento nas pessoas é que fazem a diferença.

"Cerca de 70% dos nossos talentos não são aproveitados. Projetos como o Include estão revertendo esse percentual. A metodologia será direcionada para os empreendedores mirins, em um novo modelo, pois a Indústria 4.0 chegou", afirmou Cesar.

A nova metodologia será definida no dia 20 de agosto, quando o gerente Cesar Giovani Colini Gonçalves e Elizandro Ferreira, consultor da Regional Sul do Sebrae/PR, estarão em Belo Horizonte (MG). Eles se reunirão com integrantes da Unidade de Cultura Empreendedora do Sebrae Nacional e do Centro de Referência em Educação Empreendedora (CER) do Sebrae/MG para definir a forma de aplicação. "O empreendedorismo criativo será uma atividade complementar ao Include", salienta Elizandro Ferreira.

O empresário Cláudio Petrycoski, presidente do Irdes, acredita que os laboratórios Include possibilitarão oportunidades para jovens carentes. "Gente que tem talento e liderança, mas que não encontra oportunidades e acaba partindo para o crime, para o narcotráfico", lamenta. Petrycoski pontua que o tripé formado pelo Instituto Campus Party, Sebrae e Prefeitura promete bons resultados.

Para o prefeito de Pato Branco, Augustinho Zucchi, a participação do Sebrae nos Laboratórios Include "é a cereja do bolo". "Vamos criar um ciclo completo, com o Include, o projeto Desenvolvendo Talentos (de formação de mão de obra em tecnologia), incubadoras e iniciativa privada. A palavra-chave aqui é oportunidade", comemorou Zucchi.

Os laboratórios em Pato Branco contarão com monitores que residem nos dois bairros contemplados, Alvorada e Planalto. O coordenador de instrutória dos laboratórios é Alexandre de Souza, conhecido nacionalmente como Case Monstro, e Sidiane Zanin, a embaixadora Include.
Sobre o Include

Projeto do Instituto Campus Party, o Include consiste na criação e montagem de laboratórios de robótica para aproximar jovens menores de 18 anos, moradores de comunidades carentes da tecnologia. O objetivo é identificar talentos dentro de comunidades menos favorecidas do país, criar vias para que possam estudar em escolas especiais, encaminhá-los ao mercado de trabalho para que saiam com emprego após a participação no programa e, mais do que isso, prepará-los para que consigam levar soluções para a própria comunidade usando a tecnologia, sem depender da ajuda externa.

O Include nasceu na primeira edição da Campus Party Bahia em outubro do ano passado (2017) e teve sua primeira unidade inaugurada em Canudos. Ainda esse ano, serão inaugurados mais 100 laboratórios em 11 estados brasileiros. Antes de Pato Branco, apenas três laboratórios haviam sido implantados no país. O Paraná é o terceiro Estado a ser contemplado.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Rodinei Santos

Foto

Notícias Relacionadas