PatoBranco.com

Ministério Público denuncia autor de facada contra Bolsonaro

Publicado em: 03/10/2018 05:52

O Ministério Público Federal de Minas Gerais denunciou o agressor de Jair Bolsonaro (PSL), Adelio Bispo de Oliveira, 40, por crime contra a segurança nacional.

A denúncia afirma que Oliveira praticou atentado pessoal por inconformismo político e queria retirar o candidato da eleição.

A pena para o crime é de três a dez anos de prisão, podendo ser aumentada até o dobro porque houve lesão corporal grave.

O MPF se baseou na investigação da Polícia Federal que demonstrou que o crime foi premeditado. No celular de Oliveira, havia uma foto de um outdoor com a data em que Bolsonaro estaria em Juiz de Fora (MG), onde ocorreu o atentado.

Também havia fotos e vídeos de lugares por onde o candidato passaria na cidade, evidenciando o plano. Oliveira confessou o crime e está preso no presídio federal de Campo Grande.


O MPF afirma que está clara a motivação política pelo fato de Oliveira ter sido filiado a partido político (no caso o PSOL), pela vontade que tinha de ser deputado e pelas mensagens contra políticos em suas redes sociais.

Advogados de Oliveira informaram que irão protocolar a defesa e pretendem fazer perguntas a Bolsonaro para sustentar a peça.

O advogado Zanone de Oliveira Jr. afirmou que a denúncia é bastante técnica e que buscará apresentar atenuantes, como os fatos de o cliente ter confessado o crime e ser réu primário.

Fonte: Folhapress
Foto: Folhapress

Foto

Notícias Relacionadas