PatoBranco.com

Chuva forte alaga ruas e casas no Oeste catarinense

Publicado em: 18/10/2018 18:03

Cidades do Oeste catarinense registraram nesta quinta-feira (18) chuva forte, causando alagamentos em residências e ruas.

Segundo a Defesa Civil estadual, o temporal afetou pelo menos 13 cidades: Xaxim, Xanxerê, Passos Maia, Jupiá, Ouro, Capinzal, Zortéa, Ponte Serrada, São Domingos, Vargeão, Abelardo Luz, Major Vieira e Seara.

Até a última atualização desta notícia, ao menos 100 pessoas haviam sido retiradas de suas casas pelas equipes da Defesa Civil por alagamento ou risco de desmoronamento de terra.

Em Xaxim e Xanxerê, conforme o coordenador da Defesa Civil da região, Luciano Peri, pelos picos de 30 milimetros de chuva em menos de 20 minutos, por volta das 8h, várias residências e ruas ficaram tomadas pela água. Os técnicos contabilizam os estragos.

Em Passos Maia a situação se repete. São diversos pontos de alagamento, principalmente no Centro, com casas atingidas. A equipe da Defesa Civil Municipal está fazendo o levantamento dos danos.

Em Ouro, a chuva forte levou mais uma ponte na linha São Paulo, a segunda desde quarta-feira. Segundo a Defesa Civil, há chances de deslizamentos e interdições pelas áreas encharcadas.

Em Jupiá, foram diversos pontos alagamento no Centro desde as 9h. A equipe da Defesa Civil municipal faz os levantamentos.

Em Zortéa, qu já registrava danos desde quarta-feira, a chuva agravou a situação de estradas e residências.A Defesa Civil estadual ainda faz levantamento de danos em São Domingos e Ponte Serrada.

Em Major Vieira, a chuva alagou uma residência e ruas no centro, bem como vias no bairro Nova Brasília.

Entre os municípios de Lacerdópolis e Joaçaba, na SC-150, houve formação de cratera na pista e há a possibilidade de interndição da rodovia pelo Deinfra, segundo a Defesa Civil estadual.

Desabrigados

Em Capinzal, pelo menos oito residências foram afetadas pelas chuvas, com 25 pessoas desalojadas.

Em Abelardo Luz, quatros pessoas foram tiradas de uma casa, com pontos de alagamento no Centro e bairros.

Em Seara, 25 famílias, 40 adultos e 26 crianças e adolescentes, foram removidos do bairro Nossa Senhora Aparecida por risco de desmoronamento de terra. O local foi impermeabilizado por lonas.

Com risco de alagamento

As cidades de Concórdia e Seara, apesar de ainda não constarem no relatório da Defesa Civil estadual como com alagamentos, já fazem medidas preventivas pelas chuvas.

Em Concórdia, dois colégios suspenderam aulas na Comunidade de Barra do Tigre por risco de inundação. Em Seara, já são feitos procedimentos para evitar desmoronamento.

Chuvas na quarta

Pelo menos quatros municípios do Oeste e um do Norte tiveram alagamentos na quarta-feira (17) por chuvas.

Segundo a Defesa Civil do estado, até as 18h havia registros no Oeste em Concórdia, Zortéa, Capinzal e Ouro - estas duas últimas decretaram neste mês situação de emergência em função dos danos das chuvas. No Norte, o município atingido foi Major Vieira.

Houve queda de árvore e destelhamentos de casas, e uma ponte foi levada. Não há registros de feridos até o momento.

Fonte: G1 Globo
Foto: Defesa Civil/Divulgação

Fotos

Notícias Relacionadas