PatoBranco.com

Legislativo delibera sobre cadeiras de rodas em agências bancarias de Pato Branco

Publicado em: 29/10/2018 12:36

O Legislativo aprovou por unanimidade, na quarta-feira (24), projeto de lei, de autoria do vereador Rodrigo Correia (PSC), que determina às agências bancárias que disponibilizem cadeiras de rodas para o deslocamento de pessoas com mobilidade reduzida. O vereador explica que, a principal exigência é disponibilizar no mínimo duas cadeiras de rodas para atendimento às pessoas portadoras de necessidades especiais, idosos ou com mobilidade reduzida de caráter permanente ou transitória.

As cadeiras deverão ser colocadas em local acessível e a utilização fica restrita à área da agência bancária. Segundo o projeto, o descumprimento das exigências gera multa de 100 UFM’s. Em caso de reincidência o valor da multa passa para 200 UFM’s. A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) se manifestou contra o projeto e elencou decisões de tribunais contrárias as iniciativas. De outro, existem decisões que remetem aos municípios legislarem sobre a matéria.

Autonomia

Uma decisão do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), diz que o Município pode editar legislação própria, com fundamento na autonomia constitucional que lhe é inerente, com o objetivo de determinar, às instituições financeiras, que instalem, em suas agências, em favor dos usuários dos serviços bancários (clientes ou não), equipamentos destinados a proporcionar-lhes segurança (tais como portas eletrônicas e câmaras filmadoras) ou a propiciar-lhes conforto, mediante oferecimento de instalações sanitárias, ou fornecimento de cadeiras de espera, ou, ainda, colocação de bebedouros.

Fonte: Assessoria de Imprensa
Foto: Assessoria de Imprensa

Foto

Notícias Relacionadas