PatoBranco.com

PARANÁ - Esposa confessa assassinato de policial militar

Publicado em: 16/08/2016 09:26

O assassinato do policial militar Rodrigo Federizzi, de 32 anos, teve uma reviravolta. A esposa Ellen Federizzi, após mudar várias vezes a versão, confessou ter assassinado o marido.

Ela está presa desde o dia 10 e nesta segunda, de acordo com policiais da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), confessou o assassinato. Ninguém soube dizer se ela contou com a ajuda de alguém e quais as motivações do crime. A DHPP só vai divulgar mais informações quando a investigação estiver completa.

Foi confirmado ontem (15) pela manhã que o corpo encontrado no último domingo (14) é mesmo do policial, que estava desaparecido desde o dia 28 de julho. A identidade do policial foi confirmada pelo IML. O corpo foi encontrado dentro de sacos plásticos e com as pernas serradas em Araucária, na Região Metropolitana de Curitiba.

Ellen foi presa após a perícia encontrar vestígios de sangue em dois cômodos da casa do casal. A esposa fez boletim de ocorrência sobre o desaparecimento do marido no dia 1º de agosto e chegou a dar entrevistas pedindo que o marido desse notícias. O casal tem um filho de nove anos.

Fonte: Bem Paraná
Foto: Reprodução/Facebook

Foto

Notícias Relacionadas